A trilha sonora de “Azul é a Cor Mais Quente”, de Abdellatif Kechiche

adele 01 A trilha sonora de Azul é a Cor Mais Quente, de Abdellatif Kechiche

O novo filme do diretor franco-tunisiano Abdellatif Kechiche, Azul É a Cor Mais Quente (La Vie d’Adèle, 2013) finalmente estreou por aqui. O longa, que traz um contexto recheado de polêmicas, e recebeu a Palma de Ouro no Festival de Cannes deste ano, retrata a intensa história de amor entre Adèle (Adèle Exarchopoulos) e Emma (Léa Seydoux).

Não tenho a intenção de analisar o filme, por isso não estendo maiores comentários. Tenho a certeza de que algum colega d’A Gambiarra fará isso – leia aqui a crítica – (bem melhor, por sinal). Me limito a falar sobre a trilha sonora.

Não há nenhuma novidade: são músicas de discos de 2010/11 em sua maioria. No entanto, isso não significa absolutamente nada além de que os produtores quiseram as músicas que quiseram. As canções foram meticulosamente escolhidas (e os silêncios também), de forma a se destacarem e darem o tom certo para o momento certo, compondo a história.

Vale ressaltar que essas músicas, que foram afastadas de sua obra original, adquirem outra propriedade ao dar voz ao filme. Tudo isso, graças à subjetividade existente em uma produção artística. As bases da trilha sonora são de músicas eletrônicas, com todas as suas variáveis, e de músicas folclóricas. Tem salsa com eletrônico, música popular francesa, música africana, indie-rock e até bachata – que é um bolero rítmico originário da República Dominicana.

Beach House wall A trilha sonora de Azul é a Cor Mais Quente, de Abdellatif Kechiche

Em destaque, estão as canções Take Care, do duo estadunidense Beach House (foto);  e On Lâche Rien, dos franceses HK & Les SALTIMBANKS, uma banda de música popular francesa, dotada de cunho social.

lykke li newmain1 photo by daniel jackson A trilha sonora de Azul é a Cor Mais Quente, de Abdellatif Kechiche

Seguindo, ainda tem a sueca Lykke Li, com a faixa I Follow Rivers, o compositor inglês Andrew Dickens, com Show Me That You Heart Beats.

Quem acha que uma boa trilha sonora faz toda a diferença em um filme, não se decepcionará. Azul É a Cor Mais Quente merece ser visto com todos os sentidos bem atentos. Quer mais? Ouça a trilha completa aqui.